Sobre o amor

9:37 PM

Sempre me disseram que o amor mudava as pessoas, tanto para bem como para mal 
Eu nunca entendi muito bem isso, até começa a amar
No começo eu apenas aprendi as mudanças para mal 
Que é quando você tem seu coração partido, e decide que não quer mais esse sentimento com você
Mas o tempo passou, e acabou levando embora esse lado mal e eu voltei a amar 
Foi então que pela primeira vez conheci a mudança para o bem
Que é quando você passa a apreciar a companhia de outra pessoa e ela te ensina a ser alguém melhor
Mas ninguém me avisou, que depois de passar por mudanças boas as más apareceriam outra vez
Ninguém me avisou que terei meu coração partido mais de uma vez 
E que eu acreditaria fielmente de que não nasci para amar outro alguém...
O tempo passou mais uma vez, e decidi ao amor não me entregar mais
Não me apaixonar por mais ninguém
Passei a não me importar com o que sentia pelos outros
E apenas viver cada dia como qualquer outro
Eu estava doente, eu havia perdido toda a humanidade que há em mim, eu estava perdida em mim
Era como se um vazio habitasse meu peito, como se faltasse algo 
Mas não era necessariamente um relacionamento, apenas um pouco de amor 
Então, eu comecei a me amar e dar tudo de mim para aceitar meus defeitos, falhas e etc
Passei a preencher aquele vazio com amor próprio e voltei a ser eu mesma
Voltei a ser tão humana quanto me sentia antes
E parei de fugir de paixões, e quaisquer outros sentimentos que envolvessem amor...
Eu não me entrego como antes, não me apaixono como antes
Mas parece que sinto tudo com mais intensidade do que antes 
Não sei dizer se isso é exatamente um problema, talvez seja quando alguém tiver de partir
Mas já quebrei a cara tantas vezes, e consegui seguir em frente 
Então acho que isso de sentir tudo mais intensamente me faz amar mais 
E também me faz mais forte para quando eu precisar dizer adeus a um amor 
Logo, isso é algo bom, pois quando um amor tiver que partir eu irei sofrer 
Mas serei forte o suficiente para superar logo e não me isolar outra vez
Serei forte o suficiente para nunca mais fechar meu coração para os sentimentos 
Serei forte o suficiente para tentar amar quantas vezes mais forem necessárias
Até eu encontrar alguém que me ensine apenas o lado bom do amor 
Alguém que fique para só ir embora quando a morte chegar...

C. M. De Lima




You Might Also Like

0 comentários

Like us on Facebook

Flickr Images