In Sobre a Autora

Um esclarecimento

Olá, meu chuchuzinho, como você está? Eu espero que bem. Esse post é para esclarecer minhas ausência nos últimos tempos.
{...}

Sei que não é de hoje que tenho sido ausente, tanto aqui quanto no Arkham House e no canal, mas acontece que não tenho tido inspiração para escrever roteiros, poemas, ou simples posts sobre psicopatas, na verdade eu mal tenho tido vontade de tirar fotos para o insta o que assim como as outras coisas que citei aqui, foi algo que sempre me deu prazer, alívio e paz.
Tenho passado por uns momentos de crises pesadas, crises de ansiedade, de pânico e as vezes de depressão, também tenho corrido atrás de alguns sonhos meus, e fora isso tudo a minha correria de todos os dias. Algo que penso que também está interferindo no meu processo criativo é fato de que sinto como se o blog, canal e fotos fossem uma obrigação, não algo que me alivia, mas algo da minha rotina, algo que sou obrigada fazer, não porque amo, mas porque é minha obrigação e sinceramente isso tira boa parte, se não toda parte do encanto e prazer que sinto em fazer o que faço.
Mas eu tenho tentado voltar, tenho tentado escrever mais, tentado me dedicar mais e sinto que vou conseguir isso, porém aos poucos, "dando um passo de cada vez". Peço que me desculpem por esses espaços em branco que tenho deixado, por estar ausente e deixando vocês sem conteúdo, mas preciso que confiem em mim quando digo que irei voltar e o quanto antes. Apenas tenham paciência, eu irei voltar, com mais amor, mais força e mais versos para cada um que acompanha meu trabalho até aqui e pretende acompanhar pelos próximos anos.
Muito obrigada por todo apoio, carinho e amor que vocês me proporcionam, vocês são incríveis. Eu amo cada um de vocês! E até logo!

Com amor, Carol. 


Read More

Share Tweet Pin It +1

0 Comments

In Poemas

Genuíno

Eu conheci a beleza dos tons mais escuros observando você
Eu mergulhei no fundo dos teus olhos e constantemente gosto de me lembrar dessa sensação
Eu entendi um pouco melhor tudo que acontece comigo ouvindo as coisas que me dizia e diz
Eu me apaixonei por personagens fictícios lendo as histórias que você escreve
Eu percebi que ser eu mesma era mais importante do que te manter ao meu lado quando você partiu
Eu cresci enquanto esteve longe, enquanto estava ausente e apenas me observava
Eu mudei muito na tua primeira partida e melhorei ainda mais na segunda
Meu amor por ti se tornou algo só meu, que apesar de todas as dores guardo com muito carinho...
Foi me perdendo nos teus olhos que até hoje não sei qual é a cor exata que achei algo bom
Foi ouvindo tuas histórias engraçadas que algo de bom se despertou em mim
Foi ouvindo teus lamentos, tuas tristezas, te vendo por debaixo da máscara que surgiu uma certeza em mim:
Eu te amo, amei e amarei até o fim dos tempos
Porque você despertou em mim um amor genuíno
Um amor que há tempos não sentia mais e apenas conseguia escrever sobre ele
Você se tornou a pessoa que eu vou querer na minha vida de qualquer jeito
Mas devo confessar que prefiro que seja ao meu lado como meu companheiro
Pois esse é o jeito que tua vida mais se encaixa na minha...
Ouvindo as musicas que criou meu corpo balançou no ritmo
Ouvindo as musicas sobre tua vida algo me tocou
Lendo as tuas histórias me emocionei
Observando tuas discussões me diverti
E cada e todo pequeno detalhe que até então possa ter passado despercebido
Foi e é o que me faz te amar e querer mais a cada dia
É o que me faz querer uma vez por todas estar com você.

C. M. De Lima




Read More

Share Tweet Pin It +1

0 Comments

In Poemas

Marcas Em Mim

Se teu sorriso não brilhar para mim outra vez
Se meu beijo não te causar falta de ar 
Se meu calor não for mais o suficiente para seu corpo
Se o teu corpo não desejar mais o meu
Vai ficar tudo bem...
Se tu não conseguir mais ficar comigo
Se meu abraço não te servir mais de abrigo
Se você achar que já demos o que tínhamos que dar 
Se você achar que é a hora de você partir
Vai ficar tudo bem...
Se você estiver gostando de um outro alguém
Se você não gostar mais do meu carinho
Se você simplesmente não quiser mais 
Se você for embora está noite
Vai ficar tudo bem...
Não é como se não fosse doer 
Não é como se não fosse sentir tua falta
Não é como se não quisesse que você ficasse
Mas não tenho o direito te prender a mim 
Não tenho direito de te fazer ficar quando você quer partir...
E se você for embora está noite noite
Vai ficar tudo bem
Eu sempre vou guardar você em mim 
Dentro, fora e ao redor do meu peito
Vou encher minha mente com boas lembranças tuas 
Vou contar aos meus amigos a história do amor da minha vida
Como seus olhos eram lindos e seu sorriso melhorava meu dia 
Como nossos corpos se encaixavam e a foda era boa
Se você partir vai ficar tudo bem
Eu vou sofrer por um tempo, mas depois vai passar 
Sempre vou ter você guardado dentro de mim 
Sempre vai existir marcas tuas no meu corpo
E a porta de casa sempre vai estar aberta para se um dia você quiser voltar.

C. M. De Lima








Read More

Share Tweet Pin It +1

0 Comments

In Poemas

Nervosismo

Eu não sei como deveria agir agora
Aqui na sua frente olhando no fundo desses olhos que tanto amo
Não consigo explicar quantas vezes sonhei com esse encontro
O quanto quis estar aqui onde estou agora
E as milhares de coisas que planejei fazer porém não consigo
Pois você me deixou totalmente sem reação...
Eu queria conseguir soltar algumas palavras
Sem que meu nervosismo fosse transmitido pela minha voz
Queria poder não ficar vermelha enquanto você me observa tentar falar
Queria que você conseguisse sentir tudo que estou sentindo nesse momento
E talvez você consiga, talvez você esteja sentindo o mesmo que eu
Porém não deixa transparecer
Você sempre foi muito bom em esconder esse tipo de coisa não é?
Eu sempre quis poder me esconder no teu abraço quando ficasse com vergonha
Sempre quis sentir o calor do teu toque
Sempre quis sentir teus lábios contra os meus
Eu sempre quis saber qual era a sensação de ganhar um abraço seu
Todas as expectativas que criei, todas as vezes que sonhei com isso
Não são capazes de superar o quanto tudo é bom embora eu esteja extremamente tímida...
Na noite anterior eu quase não dormi
Minha ansiedade me mantinha acordada e minha mente não parava de gritar "É AMANHÃ"
Nessa manhã eu mal consegui comer porque só queria saber de estar aqui
Eu olhava impaciente para o relógio, na minha cabeça isso faria a hora passar mais rápido
E quando a hora finalmente chegou, eu já não sabia mais como ou o que fazer
Eu simplesmente queria continuar ali abraçada você...
Eu não sei o que fazer agora assim olhando para você
Enquanto o vento balança seu cabelo de leve até porque nem muito grande ele é
Eu não consigo falar sem sentir minha voz falhar
Eu só espero que você esteja tão feliz quanto eu
Eu só espero que você consiga sentir o quanto eu te amo
Mesmo sem proferir uma palavra sequer.

C. M. De Lima

(imagem da internet)

Read More

Share Tweet Pin It +1

0 Comments

In Poemas

Minha Fraqueza

Todas as noites oro para que você fique bem
Todos os dias pela manhã eu me pergunto como é acordar com você
Todas as tardes eu gostaria de ficar conversando com você sobre qualquer coisa
E todo anoitecer eu gostaria de ir estudar com você...
Os dias são tediosos quando não tem mensagens suas
As piadas não tem a mesma graça se eu não puder conta-las a você
E eu sei que isso tudo faz parecer que não sei viver sem você
Eu sei, só não gosto e nem tão pouco quero
Mas eu sei que a vida é uma merda e vai acabar te arrancando de mim mais uma vez
E mais uma vez e mais uma vez, até se cansar desse joguinho
Permitindo finalmente que a gente viva esse nosso lance bom
Um ao lado do outro, podendo abraçar, dar cheiro "cangote"
Fazendo tudo aquilo que sempre quisemos...
Todas as vezes que te vi parti me senti pela metade
Era como se parte de mim estivesse indo embora também
Era como se parte de mim morresse ali
Embora eu saiba que sou completa sozinha e todos aqueles clichés
Não posso negar que você é uma parte importante da minha vida
De mim mesma, do que tenho de bom e ruim
Por isso toda vez que você vai dói como se nunca mais fosse parar de doer
Sim, eu sei que você está aqui agora e que não tem planos de ir embora
Mas o pensamento de a qualquer momento alguma coisa te irá te tirar de mim me assombra constantemente
É engraçado, não é?
Eu aprendi a lidar com todas as minhas inseguranças, com todos os meus medos
Mas você, ah!Você meu amor continua sendo meu ponto fraco...
Todos os dias você pelo menos uma vez passa pela minha mente
Todas as noites antes de dormir eu faço planos secretos para gente
Planos esses que nunca terei coragem de contar,
Porque sinto que você não se importa com o que pode ser no futuro
Quer viver apenas o agora e apenas ele te interessa
E eu concordo com isso
Mas quando se ama alguém como eu amo você
Não fazer planos acaba se tornando algo basicamente impossível
Todos os dias eu quero te lembrar que eu te amo
Mas eu tenho medo da sua reação
Então eu apenas escondo esse sentimento nesses versos e nos vários outros
Todos os dias eu tento não me lembrar que você é minha maior fraqueza.

C. M. De Lima 

(Imagem da internet)


Read More

Share Tweet Pin It +1

0 Comments

In Poemas

Voltar A Ser Eu

Eu tenho sido alguém que eu nunca fui
Sentido dores que jamais imaginei sentir 
Tendo de pensar e fazer coisas que jurava que aconteciam apenas nos filmes
Tenho me sentido perdida
Sem controle, sem alegria e as vezes sem vida...
Minha dor me dá bom dia e boa noite
Me deixa longe daqueles que eu amo 
Me tira a vontade de fazer qualquer coisa que seja fora da minha cama
E eu tenho que a manter em segredo
Sem poder contar aos meus amigos 
Sem poder correr para os braços da minha mãe 
Eu tenho que a manter ela escondida
E me medicar mais e mais 
Até que ela pare, até que suma do meu corpo
E fique apenas marcada no meu ser como um cicatriz que nunca some...
É estranho e triste pensar que chorar já virou rotina
E que as vezes eu nem sequer consigo chorar
Me passa pela cabeça se lágrimas podem secar e se as minhas estão próximas do fim
Aqueles á quem confio minha dor não podem me ajudar além de me dizer algumas palavras
Além de tentar de inúmeras formas me dar algum conforto
E me convencer que tudo isso vai passar
Eu vou sobreviver e vou me tornar mais forte do que tudo
Mas é difícil acreditar neles
Uma vez que toda essa dor, toda essa tristeza, todo esse caos
Me faz sentir fraca, me faz sentir que irei viver assim até o fim dos meus dias
Me faz sentir a criança indefesa e assustada que um dia já fui
Me faz perguntar se isso é algum tipo de teste, e por que diabos isso tinha que ser comigo
Me faz pensar certas coisas que me fazem me odiar
Como eu poderia ter algum tipo de fé se nem ao menos me restou alguma a qual me agarrar?
Como posso acreditar que tudo vai ficar bem quando tudo que sinto é infinitamente o contrário?
Como eu vou ficar bem?
As vezes me bate a vontade de sumir
A vontade de simplesmente deixar de existir
As vezes eu quero gritar toda essa dor e colocar toda ela para fora
As vezes eu simplesmente queria voltar a ter o controle de tudo
E por ter essa vontade que eu ainda não sumi
Que eu ainda não parei e continuo aqui
Porque eu quero minha vida de volta
Quero meu eu de volta
Quero e preciso me encontrar outra vez
Preciso voltar a ser eu
Talvez mais forte do que já fui ou talvez mais machucada
Mas de uma forma ou de outra preciso voltar a ser eu...

C. M. De Lima

Dedicado á uma pessoa especial. 

(imagem da internet)

Read More

Share Tweet Pin It +1

0 Comments

In Poemas Sobre a Autora

Do Que Sou

Eu gosto do que eu sou
Depois de anos e mais anos me odiando
Depois de anos e mais anos ouvindo dos outros que não era o suficiente
Depois de anos fazendo as mais diversas loucuras para ser o suficiente
Depois de anos ser não aquilo que eu sou, mas tentando ser o que os outro queriam que fosse
Eu gosto do que sou
Gosto do meu rosto e suas manchinhas
Gosto do meus braços com pelinhos e pintinhas
Gosto da minha barriga e suas dobrinhas
Gosto dos meus peitos com suas marquinhas
Gosto das minhas coxas e suas estrias e celulites
Gosto da minha bunda pequena e suas celulites
Gosto do meu corpo por inteiro
Depois de toda uma vida tentando mudar ele, tentando encaixar ele num padrão qualquer
Eu gosto do que sou...
Gosto de ser sexy
Gosto de ser fofa
Gosto da minha orientação sexual
Gosto até mesmo dessa minha mente fodida
Porque tudo isso é eu, não é o que os outros querem
Não é como os outros gostam ou aprovam
Isso é apenas ou tudo eu
E eu agora sei que sou sim o suficiente...
Eu gosto do que sou
Mesmo nos dias que não gosto
Mesmo nos dias que eu olho no espelho "mas que merda hein?"
Mesmo nos dias e nos momentos que eu não me sinto eu
Eu gosto do que sou
Das cicatrizes, manchas, pelinhos, estrias, celulites
Gosto dos meus pensamentos meio caóticos as vezes
Da forma que penso, da forma que sonho
Da forma que consigo falar do amor mesmo depois de tão machucada pelo mesmo...
Sou grata por hoje em dia pensar assim
Por não me odiar mais, por não ter nojo de mim como antigamente
Gosto de estar de bem comigo e aceitar um elogio sem pensar que é mentira
Gosto de tudo isso que está nesse poema
Gosto de tudo que você vê quando estamos frente a frente
Eu gosto de quem eu sou
Eu me apaixonei por mim
E essa foi a melhor coisa que já fiz por mim em todos esses anos
Eu amo o que foi, o que sou e o que ainda posso me tornar
Eu amo o meu ser e quero que se ame também
Porque esse é o amor mais puro e bom que você poderá sentir
Você é o amor da sua vida, se apaixone por você...

C. M. De Lima


Read More

Share Tweet Pin It +1

0 Comments

In Poemas

Eu já conheci o amor

Eu já conheci o amor
Ele tem olhos que me encantam até hoje
E um sorriso tão fofo que daria todo o dinheiro do mundo para poder ver de novo
Eu já conheci o amor
Ouvi dele as histórias mais engraçadas e também as mais tristes
E ele me ensinou várias coisas a respeito de mim mesma e de todo esse mundo
Eu já conheci o amor
E quando nos vimos de primeira ele era meu melhor amigo
Depois se tornou uma grande paixão
E hoje em dia é uma sentimento bom que guardo comigo caso algum dia precise
Caso algum dia possa usar outra vez
Eu já conheci o amor
Ele e cheio de cicatrizes, tanto físicas quanto mentais
Ele também é cheio de dor, dor essa que ele nunca me contou sobre
Eu já conheci o amor
E ele chegou de mansinho e me ganhou
Mas num golpe estranho do destino ele se foi
Sem me dar um adeus decente, sem me deixar uma palavra de conforto
Ele apenas se foi e me deixou com toda minha dor...
Eu já conheci o amor
E não foi como eu achei que era, foi muito melhor
As risadas, os olhos brilhando, os sorrisos espontâneos
Tudo aquilo que um dia eu já havia escrito e tudo aquilo que agora escrevo
Eu já conheci o amor
E pedi á todas forças do universo para que ele ficasse comigo até o fim dos meus dias
Mas por mais que eu quisesse ele não pode ficar por muito tempo
Então ele partiu, uma, duas, três vezes
E a cada partida eu sentia ele mais longe de mim
Foi então que eu percebi que talvez o amor não volte mais
E está tudo bem se isso acontecer
Agora eu já conheço o amor e entendo que talvez ele não queira ficar..
Eu já conheci o amor
Ele me encheu dos mais sinceros sentimentos bons a respeito de tudo
Ele foi a coisa mais linda que um dia pude chamar de meu
Ele foi tudo que me inspirou a ser quem sou hoje
Eu já conheci o amor, e as vezes eu sinto falta dele
Então eu me pergunto:
Será que o amor vai ficar algum dia?

C. M. De Lima


Read More

Share Tweet Pin It +1

0 Comments

In Poemas

O que vai ser?

Eu não posso dizer que você é meu primeiro amor 
Mas algo todos os dias me dá quase a certeza de que é o último 
Pois no que depender de mim, eu não quero me apaixonar por mais ninguém
E eu não posso dizer que essa é uma certeza 
Porque você ficar ao meu lado não depende só de mim, mas de você também
Eu não vou te obrigar a nada 
Eu quero que queira ser tão meu quanto eu quero ser sua...
Eu não posso negar que no começo eu não queria falar desse amor nem para mim 
Tentei de todas as formas e de todas as bebidas esquecer o que havia aqui 
Mas meu bem, quando se sente algo tão forte assim por alguém
Não há como guardar, ou matar afogado no meio de litros e mais litros de álcool
Então eu apenas aceitei todo esse sentimento que está vivendo aqui 
Apenas espero poder usar ele para o seu bem, apenas espero que você possa ser o dono dele...
Eu amo quando esta perto, quando fica comigo fazendo qualquer coisa boba 
Quando fica comigo não fazendo absolutamente nada 
Gosto do jeito que teus olhos mudam de cor com a luz do sol 
E da forma que teu olhar é capaz de me deixar com vergonha
Gosto do toque do teu beijo e de como me faz sentir 
E quando paro para pensar em todas as coisas que gosto em ti
Posso notar que não tereia como não se apaixonar por ti
Não teria como não querer te pertencer e querer que fosse meu 
Nem com todo álcool do mundo, nem com outras mil pessoas
Nada amenizaria o profundo e até meio assustador desejo de ser sua...
Você chamou a minha atenção desde a primeira vez que eu te vi
Teu jeito, tua voz, você ficou na minha mente por dias e mais dias
Eu tentei de todos os jeito não me apaixonar por você 
Mas acabei falhando em todas as tentativas
E agora tudo que eu quero saber é se você está disposto a arriscar?

C. M. De Lima 

(imagem da internet)

Read More

Share Tweet Pin It +1

0 Comments

In Poemas

Instáveis

Amor? É você que está aí?
Se importa em me fazer um pouco de companhia?
Tem sido dias longos e difíceis
Dias assombrados por memórias ruins que não consigo superar
E noites cheias de pesadelos que me fazem não querer dormir
Amor, será que você pode me abraçar um pouco?
Será que você pode me ajudar a me sentir menos sozinha?
Sei que devo lutar por conta própria, mas só hoje
Pode me dar a chance de descansar em seus braços?
Amor? É você que está ai?
Será que você pode passar uns dias comigo?
Esses das tem sido tão carregados de mágoas e tristeza
Que acho que mau sei sorrir ou mau sei dizer o que é sentir amor
Tem coisas ruins atrás de mim e eu tenho lutado contra cada uma com tudo que tenho
Tenho dado o meu melhor para não ter medo
Mas tem sido difícil, por isso, amor você pode me ajudar hoje?
Pode me mostrar que ainda aguento mais como sempre faz?
Amor? Pode me dizer por que você partiu?
Eu sei que não tenho o direito de te manter aqui
Mas por que o brilho dos seus olhos sumiu?
Por que você deixou aqueles corações se partirem?
Por que você vai e volta?
Por que você partiu meu coração?
Por que você partiu o seu coração outra vez?
Amor, você pode me fazer companhia essa noite?
Sei que está cansado de suas próprias lutas e coisas cotidianas
Sei que talvez nem sequer queira ouvir alguém
Mas você pode simplesmente me ouvir e ficar comigo essa noite?
Como nos nossos velhos tempos?
Amor, como tudo mudou
E como tudo continua a mudar
Amor, será que no final deixaremos de ser tão instáveis?

C. M. De Lima

(imagem da internet)

Read More

Share Tweet Pin It +1

0 Comments