Meu calmante

10:11 PM

Quando deito minha cabeça em teu ombro no meio de uma situação difícil
Posso ouvir o leve e rangir dos ossos lidando com o peso
E fazendo leves carinhos em meu cabelo
Isso torna qualquer situação complicada mais suportável...
Quando descanso em teu peito
Posso ouvir seu coração pulsar e suas pulmões encherem de ar
Enquanto sua mão levemente enrola as pontas do meu cabelo
Não há lugar melhor para descansar que esse...
Quando me abraça eu posso sentir seu cheiro
E também todo seu calor e sentimentos bons que vem de você
É como se você conseguisse transmitir toda paz do mundo num abraço
Por isso eu considero o teu o melhor do mundo...
E tem também teu beijo
O toque leve de teus lábios em minhas bochechas
E as vezes em meu lábios
Por vezes eu passei a acreditar que há uma espécie de drogas em teus lábios
Porque não pode um ser humano ter  um beijo tão viciante assim...
Todos os detalhes do seu carinho me deixam boba
Me fazem pensar em você quase o dia inteiro
E sempre com aquele sorriso estúpido de um coração apaixonado...
Todas as vezes em que fica longe o peito aperta
Todas as vezes em que você quase partiu o coração doeu
Todas as vezes que eu não pude te ter por aqui nas minhas crises
Foi difícil, e eu diria até demais...
Não posso dizer que você é a cura para minhas doenças
Ou que é melhor que meus remédios
Mas é um calmante natural, que me ajuda a passar por tudo isso
E um pouco mais...

C. M. De Lima


You Might Also Like

0 comentários

Like us on Facebook

Flickr Images