In Poemas

Sonhos, sorrisos, infinitos...

Sabe é um tanto difícil falar sobre o amor e a vida
Porque cada um ama de um jeito
E cada um tem sua vida...
Sabe é difícil saber como será nosso caminho
E quem vai passar por ele
Porque quem é importante pra mim, pode não significar nada pra você...
Sabe é difícil saber o que haverá no final do caminho
Pois pode ser que não haja nada ou pode ser que tenha tudo
Isso é diferente do que cada um acredita...
Teoricamente falando somos todos iguais
Mas ao mesmo tempo somos bem diferentes...
Sabe, eu nunca soube o que é pior
O medo de amar ou ter medo
Amar é algo que todo mundo julga ser extremamente perigoso
Mas todo mundo sabe que é extremamente bom...
Ter medo é algo abstrato e sem sentido
E as vezes é bom ou não...
Talvez a gente devesse começar a ter menos medo
E amar mais...
Sabe? Dá valor a pequenas coisas
Como as nuvens ou um pôr-do-sol
Um sorriso de uma criança ou uma boa companhia
Valorizar mais os pequenos prazeres da vida...
Que tal um pouco mais de positividade?
Que tal mais sonhos?
Que tal mais sorrisos?
Que tal mais infinitos?
Que tal começar a ver o lado bom da vida?
Podemos ser tão felizes com tão poucas coisas
É uma pena que a tristeza tenha se tornado algo comum a quase todos...
São nos pequenos gestos que vamos saber como falar de amor e da vida
São nas grandes ações que vamos descobrir quem vai estar conosco sempre
São nossos sonhos que vão nos levar além e nos mostrar que há muito além do que esperamos...

C. M. De Lima

(imagem da internet)


Related Articles