In Causas sociais

Precisamos falar sobre aborto: eu sou a favor e dai?

Oi oi gente, tudo bem com vocês? Antes de me condenarem pelo titulo e conteúdo desse post queria deixar bem claro que a é a MINHA opinião aqui. Sei que tem tipo 90% de vocês que leem aqui que são contra, mas queria deixar claro o que e como penso sobre isso. Não me condenem por não ser contra ok? É preciso falar sobre aborto então vamos lá.



Vamos começar pelo começo certo? (haha) no meu perfil do facebook (que se você não conhece pode clicar aqui e conhecer) eu lancei meio que uma "enquete" lá: "aborto sim ou não? Por que?" a maioria que comentou, como eu já esperava é contra. E o que mais me deixou impressionada foi o fato de apenas duas meninas se expressarem no assunto, uma foi contra e a outra a favor. Foram 12 pessoas que comentaram. Dessas 12 pessoas, 5 são completamente contra, outras 2 são contra porém abrem exceções em determinadas situações e apenas 4 são a favor. Bom, alguns acharam que eu estava grávida, e quando disse que sou a favor e fiz outros questionamentos como "E o pai? O pai não se castra?" (um menino havia afirmado castração química as mulheres), me disseram que o pai não tem culpa de nada, pois o pai não aborta, e etc. Em primeiro lugar como sempre digo "a mãe não fez com dedo" isso é um pouco de machismo também, mas voltando ao fato de ser confundida com uma grávida; bem, quando questionei sobre o pai, jogaram a culpa na mãe e ainda por cima me chamaram de "burra" por escolher "o cara errado" (me senti ofendida porque puta ignorância!). Um pouco tempo depois vi um post muito bem elaborado pela dona da nossa parceira a Morphina Scene a Isabela Godoi, que mais pra frente vocês vão poder ler também. Antes de continuar vamos deixar claro que nas 12 primeiras semanas não temos de fato uma vida, apenas um pequeno organismo, que não tem cérebro ou seja não há vida, então de certa forma o aborto é a remoção de um organismo indesejado.



Alguns dados sobre: como sabem gosto de trazer aqui um pouco mais de informações á vocês, e também não falo sobre nada sem saber certo de um assunto. No nosso país um mulher morrer a cada 7 minutos por causa dos abortos ilegais, das formas clandestinas e suspeitas. Perdemos mais de 100 mulheres por dia, mais de 100 vidas se vão porque o grande crime está em retirar um organismo não desejado, porque morrer dando á luz é válido, mas morrer para poder salvar á si mesma e dar uma chance mais justa a quem nem se formou ainda é crime! É crime querer ter uma criança mais tarde! É crime escolher o que fazer do próprio corpo!




Sobre quem é contra: Em primeiro lugar gostaria de dizer que eu respeito completamente a opinião de quem é contra porquê cada um decide o que quer certo? Eu queria que é contra pensasse assim assim também. Geralmente mulheres de baixa renda tem 4 ou 5 filhos e muitas vezes elas querem abortar porém o sistema as proíbe e as que não tentam de formas suspeitas ou clandestinas, acabam tendo filhos e se veem obrigadas a pedir ajuda ao governo e ganham o bolsa família. É ai então que a massa esmagadora contra o aborto entra nas redes sociais para reclamar de quem ganha bolsa família, para dizer que essas mulheres só tem filhos para ganhar mais quando na verdade são eles mesmos que estão de forma indireta obrigando essas mulheres á terem os filhos nessas condições absurdas de vida. 
A maioria dos "antiaborto" usam os termos como "fácil falar de aborto quando você já nasceu" ou então "na hora de fazer não pensa nas consequências" entre outros "mimimis" conhecidos, mas não muda absolutamente nada, pois nenhum método é 100% eficaz, na hora do tesão ninguém pensa, ou então o parceiro diz e insiste que não precisa de proteção, e você já pensou se sua mãe já pensou em te abortar e você nem sabe? Minha mãe me teve quando era jovem (17/18 anos) e podia ter pensado em me abortar certo? Ela iria me contar isso? NUNCA! Acho que nenhuma mãe diria isso ao filho, mas é uma coisa que passa na cabeça de qualquer uma até das que são contra! 
Não adianta dizer um milhão de coisas que já foram ditas, não adianta chamar as mulheres de assassinas nem nada do tipo, a escolha é da mulher e sempre vai ser dela, a unica diferença está na segurança dela e no fato de ela não ser mais uma clandestina. 



Porque eu defendo o aborto: Eu defendo o aborto porque eu mesma faria, mesmo sendo crime, mesmo correndo risco de vida, pois se somos um país livre sou livre para fazer do meu corpo o que eu quiser! Eu sou a favor do aborto porque quero um fim no ciclo interminável de adolescente grávidas! Eu sou a favor do aborto porque estou cansada de ver mulheres e meninas morrendo todos os dias! Eu sou a favor do aborto sim! Eu sou a favor do aborto porque é relativamente fácil fazer filho, mas nem todas estão preparados para ser pais. Se uma mulher tem direito de planejar uma gravidez, ela tem o direito de interromper algo que não foi planejado. A mulher tem o direito de fazer o que ela quiser e não pode em hipótese alguma ser ofendida ou morta por sua escolha! Eu sou a favor do aborto sim! 


Bom, o texto a seguir foi feito pela Isabela Godoi nossa parceira e tem uma opinião parecida com a minha, mas não igual! Eu achei o texto incrível e resolvi trazer para você, leiam com atenção!

"É contra o aborto, mas é a favor da pena de morte... É contra o aborto, mas usa argumentos do gênero "Você devia ter sido abortado", "É fácil falar, você ta vivo né?", "Sua mãe devia ter te abortado". Ué, não lutava pela vida? Não vejo nexo algum. É contra o aborto, mas não se previne, pois acha que é obrigação apenas da mulher fazer isso. É contra o aborto, mas julga certo matar alguém por dentro com julgamentos por simples prazer em fazê-lo. É contra o aborto, mas vive na hipocrisia de uma vida medíocre, com muitas palavras e ação nenhuma que justifique as palavras que saem da boca. Sou a favor das pessoas serem livres pra fazerem o que bem quiserem com suas vidas e não serem julgadas por isso. Se é contra o aborto, não aborte, simples. O seu direito termina onde começa o do outro, aprenda a respeitar o direito dos outros. Países desenvolvidos de primeiro mundo já liberaram o aborto, por ser questão de saúde pública. Até parece que as mulheres vão sair dando pra abortar a cada uma semana... Isso só existe na cabeça de pessoas de terceiro mundo mesmo, totalmente ignorantes pra pensar de tal forma. Aborto se necessário, não vai ser mais crime, as coisas estão caminhando pra isso e nada do que você pensa, seus dogmas, suas crenças, nada, absolutamente nada vai parar a evolução do mundo, aceite isso. Não digo que seja uma evolução matar uma vida, mas sim questão de sobrevivência, se necessário. Na natureza se um animal tiver que abandonar seu filho, ele não pensará duas vezes e isso não faz dele um monstro, apenas um animal. O que te faz melhor do que os outros animais? Só por que você pensa? Pensa tanto, mas só no que quer. Aí é muito fácil! É fácil demais respeitar alguém que pensa como você, difícil mesmo é respeitar o outro, que pensa diferente e que tem o mesmo direito que você: De se expressar. O respeito esta fora de moda, as pessoas o pedem, mas na realidade não o praticam. Sou a favor do aborto, PORÉM até o estágio que o feto, propriamente dito, não seja ainda considerado um ser humano formado, mas sim apenas um embrião. Após virar um feto, consolidado, abomino tal ato. Sou a favor, em casos de acidente medicamentoso ou outros, pois nenhum método contraceptivo é 100% eficaz em níveis de probabilidade e números e nada mudará este fato. Portanto, não use isso como argumento, pois nem é considerável. O dia em que a ciência estiver avançada o suficiente para oferecer uma proteção 100% eficaz, aí sim, poderá usar isso como um argumento, por enquanto, não é válido. Aceite esse fato. Sou a favor, em casos em que a mulher não deseja a gravidez sim, independente do motivo, enquanto ainda for um embrião e não um feto, sou totalmente a favor. Será mesmo que a mulher precisa de um motivo pra abortar? Se foi indesejado, como o próprio nome já diz, não é necessário apresentar motivo algum. "Deu por que quis, arque com as consequências", bom, nem vou gastar meus dedos pra argumentar sobre algo tão pejorativo e desprovido de conhecimento, é uma forma ignorante e um pensamento de massa generalizado, um preconceito chinfrim e sem nenhum tipo de conhecimento prático... Pois, se foi um acidente, você mesmo assim é obrigado a arcar com as consequências dele? É o mesmo que dizer que você perdeu sua perna num acidente de carro, porque dirigir era errado e você que arque com a falta da tua perna... Faz sentido pra você arcar com as consequências de um acidente? Como o próprio nome diz: Acidente! Reflita. E não, isso não é um debate, estou fazendo uma afirmação, não preciso de argumentos quando estou afirmando a veracidade dos fatos. Matamos seres vivos todos os dias e nem sequer nos damos conta disso, seja pra comer ou por sobrevivência, tanto faz, matamos não matamos? Tomamos antibióticos e matamos seres microscópicos. Matamos uma barata, porque estamos com medo dela... Compramos animais mortos, pra nos alimentar. Por que diabos a vida humana valeria mais do que as que estou citando? Pois não valem! Não luto pela defesa da morte, luto pela defesa da vida e da sobrevivência. Os fins justificam os meios sim! Quem te disse que o ser humano é superior aos outros seres? Portanto menos hipocrisia! Só não torra meu saco com futilidades, sentimentalismos, religião, dogmas e argumentos desprovidos de real conhecimento. Porque a verdade é uma só, só acredita quem quer. Falei coisas que vão atingir muita gente, mas não é o meu objetivo... Mas se a carapuça servir, pode vestir! Pode comentar, xingar, esbravejar, mas a sua consciência vai te acusar das mortes que você pratica inconscientemente, mas julga outras sem pudor algum. Faz algum tipo de sentido pra você? Pra mim não faz, então tanto faz os comentários, eu vou ignorar todos, qualquer coisa que fugir do contexto pra mim já é hipocrisia e deve ser tratada como tal. Aos tolos o meu silêncio, pois a vitória do sábio é deixar o burro se sentir inteligente."

- Isabela Godoi. 





Bom gente, era isso espero que tenham entendido que é apenas como eu penso que está aqui, é apenas um outro ponto de vista sobre o aborto é apenas minha forma de se expressar! Não me condenem por não ser contra, pois não condeno ninguém que é contra!


Com carinho, Carol.


Related Articles