In Poemas

O amor verdadeiro

Eu conheci o amor verdadeiro 
No calor dos teus braços 
No sabor do teu beijo 
Naquele dia louco regado a cachaça e foda que tivemos
Eu conheci o amor verdadeiro
Muito antes do teu toque
De te ter por perto 
De te chamar de meu 
Eu conheci o amor verdadeiro
No seu primeiro "oi"
Naqueles nossos sonhos que de tão malucos, só podem ser nossos
Desde o primeiro momento que eu passei a te chamar de meu 
Eu conheci o amor verdadeiro 
Quando a distância que separa nós dois virou mero detalhe no meio desse nosso amor
Quando eu te senti comigo mesmo estando tão longe
Quando eu aprendi a valorizar cada segundo com você
Mesmo morrendo de nervoso
Eu conheci o amor verdadeiro
Quando olhei nos teus olhos e vi eles dilatarem 
Sintoma típico de amor 
De amor que você sente por mim, e eu sinto por você
Eu conheci o amor verdadeiro
Quando nós começamos a escrever nossa história
Cheia de manias e esquisitices só nossas 
Cheia de um amor que é tão puro e tão bom quanto o meu e o seu
Eu conheci o amor verdadeiro
E ele é o motivo dos meus sorrisos, das minhas gargalhadas
Da minha calma, da minha crise, da minha saudade
Ele tem olhos lindos, e uma boca gostosa 
Ele resiste a qualquer distância, e vai resistir a qualquer coisa
Pois o meu amor por ti é verdadeiro 
E ele vai durar por toda minha vida... 

C. M. De Lima

(Créditos na imagem)

Poema dedicado á Nicolas e Guilherme.

Related Articles

Instagram

Flickr Images

Like us on Facebook