In Poemas

Dentro de nós

As vezes eu penso tanto em você, que parece que minha mente só conhece você
As vezes imagino tanto nós dois, que posso quase sentir como se estivesse aqui
As vezes eu sinto tanta saudade sua, que parece que meu coração vai explodir
As vezes eu amo tanto você, que parece que eu nunca mais conseguirei amar alguém igual
As vezes há tanta intensidade nisso tudo, que sinto meu corpo doer
As vezes você é tudo que me faz sorrir
As vezes você é tudo que me faz chorar
Mas você sempre é tudo que eu quero, e preciso, é tudo que eu não quero perder...
É quando me protege no teu abraço, que eu me sinto segura
É quando me ouve, que eu sei que posso confiar em ti
É quando leva para longe minhas inseguranças, que eu percebo o quanto preciso de você
É quando você confia á mim seus problemas, que vejo que me ama
É quando você me conta suas teorias loucas, que vejo o quanto nossa loucura é parecida
É quando você é simplesmente você, que todo meu caos sossega para observar você
Porque é sempre assim quando você está aqui
Todo o caos para, e as vozes se calam
Apenas para poder observar você, te ver rir e sorrir...
Por mais dor que haja em você
Por mais coisas que talvez eu nunca vá conhece
Por mais que haja todo um mistério que acerca as marcas do teu corpo
Eu não me importo em ficar, e estar aqui
Eu não me importo que as vezes você precise ir enfrentar seus próprios monstros sozinho
Eu não me importo que as vezes tudo que haja entre nós seja silêncio
Porque acredite ou não
Te amar está bem acima de tudo isso, e sempre irá estar
Mesmo que um dia você precise ir
Mesmo que um dia haja uma grande tempestade que nos divida por meses, ou anos
Te amar sempre será maior que qualquer coisa
Porque como eu já disse, eu te amo tanto
Que as vezes acredito que nunca mais irei amar alguém com tanta intensidade...
O que nós criamos para nós não inspiraria nenhum filme ou livro
O que nós somos é mais do que a maioria dos amantes são
O que nós temos, teremos sempre
Juntos ou separados, perto ou longe
Nós sempre teremos isso dentro de nós...

C. M. De Lima


Related Articles