In Poemas

Voltar A Ser Eu

Eu tenho sido alguém que eu nunca fui
Sentido dores que jamais imaginei sentir 
Tendo de pensar e fazer coisas que jurava que aconteciam apenas nos filmes
Tenho me sentido perdida
Sem controle, sem alegria e as vezes sem vida...
Minha dor me dá bom dia e boa noite
Me deixa longe daqueles que eu amo 
Me tira a vontade de fazer qualquer coisa que seja fora da minha cama
E eu tenho que a manter em segredo
Sem poder contar aos meus amigos 
Sem poder correr para os braços da minha mãe 
Eu tenho que a manter ela escondida
E me medicar mais e mais 
Até que ela pare, até que suma do meu corpo
E fique apenas marcada no meu ser como um cicatriz que nunca some...
É estranho e triste pensar que chorar já virou rotina
E que as vezes eu nem sequer consigo chorar
Me passa pela cabeça se lágrimas podem secar e se as minhas estão próximas do fim
Aqueles á quem confio minha dor não podem me ajudar além de me dizer algumas palavras
Além de tentar de inúmeras formas me dar algum conforto
E me convencer que tudo isso vai passar
Eu vou sobreviver e vou me tornar mais forte do que tudo
Mas é difícil acreditar neles
Uma vez que toda essa dor, toda essa tristeza, todo esse caos
Me faz sentir fraca, me faz sentir que irei viver assim até o fim dos meus dias
Me faz sentir a criança indefesa e assustada que um dia já fui
Me faz perguntar se isso é algum tipo de teste, e por que diabos isso tinha que ser comigo
Me faz pensar certas coisas que me fazem me odiar
Como eu poderia ter algum tipo de fé se nem ao menos me restou alguma a qual me agarrar?
Como posso acreditar que tudo vai ficar bem quando tudo que sinto é infinitamente o contrário?
Como eu vou ficar bem?
As vezes me bate a vontade de sumir
A vontade de simplesmente deixar de existir
As vezes eu quero gritar toda essa dor e colocar toda ela para fora
As vezes eu simplesmente queria voltar a ter o controle de tudo
E por ter essa vontade que eu ainda não sumi
Que eu ainda não parei e continuo aqui
Porque eu quero minha vida de volta
Quero meu eu de volta
Quero e preciso me encontrar outra vez
Preciso voltar a ser eu
Talvez mais forte do que já fui ou talvez mais machucada
Mas de uma forma ou de outra preciso voltar a ser eu...

C. M. De Lima

Dedicado á uma pessoa especial. 

(imagem da internet)

Related Articles