Seja como for

9:41 PM

Eu aprendi a como te deixar irritado, sem que queira me jogar longe
Eu aprendi a como lidar com sua negatividade, mesmo que você ache que ela é demais para mim
Eu aprendi a te acalmar da melhor forma que eu consigo, e graças aos céus tem dado certo
Eu aprendi a cuidar, a amar, a irritar, a ter você por perto
Seja lá como for eu preciso de você aqui
Pode ser como meu amor
Pode ser como meu amigo
Pode ser como meu companheiro
Só não pode deixar de ser meu, e nem tão pouco de estar na minha vida...
Você aprendeu a como fazer meu sangue ferver, e achou graça disso
Eu vi você sorrir ao ouvir galanteios bobos, e assim me fez sorrir também
Eu ouvi sua voz ao contar suas histórias engraçadas
Aliás, eu me arrepiei toda vez que sua voz me falou algo de bom
Você mostrou tantas coisas boas dentro de um espaço de tempo
Que as vezes me pego questionando a realidade
Porque depois de tantos dias de dores vividos, sentir uma felicidade assim é surreal...
Eu sei o quanto todos esses detalhes
Eu sei o quanto todos esses versos
Eu sei o quanto tudo isso, soa repetitivo
Mas eu amo tanto esses detalhes, eu amo tanto escrever sobre eles
Eu já não sei como explicar, parece que me faltam palavras quando o assunto é você
Então tenha paciência, e tente não enjoar de mim
Porque toda vez que eu lembrar desses teus pequenos detalhes
Eu irei querer escrever sobre eles...
Nessa nossa relação, aprendemos e ensinamos muito um para o outro
Criamos laços que vão além da compreensão
Sentimos coisas novas em nossos corações
E agora eu simplesmente não quero mais te ver partir
Eu quero esteja sempre aqui, seja lá como for
Pode ser como meu amor
Pode ser como meu amigo
Pode ser como meu companheiro
Só não pode deixar de ser meu, só não pode sair da minha vida...

C. M. De Lima



You Might Also Like

0 comentários

Like us on Facebook

Flickr Images