In Poemas

Você precisa partir

Me peça para fechar os olhos quando for embora
E não se esqueça de ao menos de tocar meus lábios por uma última vez
Eu sei que isso pode piorar tudo, mas algo que já está mal não pode ficar pior
Por mais horrível que isso pareça
Por mais que seu amor seja como uma das drogas mais viciantes que já provei
Devemos admitir que vícios não são bons para saúde...
Talvez eu chore por uma noite ou duas
Talvez eu lamente isso por algumas horas com minha melhor amiga
Talvez eu procure algum vinho barato para afogar minhas magoas 
Ou talvez eu procure outro amor para me viciar
As possibilidades são infinitas...
Você era como um calmante 
Me trazia uma calma tão boa que nenhum calmante seria capaz de me trazer
Você me entendia e me ensinava o pouco que sabia
Você era estranhamente algo de bom para mim
Eu estava basicamente viciada em você ao ponto de estar cega
E não conseguir ver todos os seus defeitos, e todas as coisas ruins que causava em mim
Você era como um tipo de droga
Que me entorpecia e me destruía por dentro...
Por mais que me doa a ideia de um último beijo 
E de que ao abrir os olhos não irei te ver mais por aqui
Eu preciso abrir mão disso...
Talvez a sua partida me tire alguns dias de alegria
Me faça querer beber como nunca havia bebido
Talvez meu coração se parta ao não te ver mais por aqui
Mas precisamos enfrentar algumas dores para podermos crescer
E aprendermos a ser mais fortes...

C. M. De Lima

(imagem da internet)


Related Articles