Mais Rápido

11:25 PM

Você me parece assutado
com forma que cheguei 
Venha aqui, sente-se e nos conte um história
Você não é mias um insuportável
Você ainda parece com um pouco de medo 
Venha a cá, tome isso e nos deixe em paz...
Eu não sei ir devagar
Sempre mais rápido, e mais rápido
Já estamos em outra parte da cidade 
A noite apenas começou
Posso ver que já está cansado 
Mas continua se esforçando para se manter no mesmo ritmo que eu...
Estou rápida o suficiente para nos matar...
No meio da noite 
Entre uma garrafa e outra de cerveja 
Nós trocávamos caricias 
Eu sussurrava em seu ouvido "essa vida não é para você"
Então você me encarava com seus olhos verdes por um instante
E então me agarrava e diz "eu sou capaz de suportar"
Mesmo quando estávamos incendiando lugares 
Você precisava ajeitar seu cabelo em qualquer lugar que produzisse reflexo
Como se fosse necessário estar arrumado para cometer delitos
Você já mostrava estar cansado, mas mesmo assim não queria parar
Toda a adrenalina da coisa e deixava cada vez mais viciado 
Nós destruímos algumas casas, alguns outros lugares
E você parecia estar amando tudo aquilo...
Entre os goles de cerveja e os passos de dança mal dançados 
Você puxava pela cintura para perto de você e olhava nos meus olhos 
Dizia: "Eu prometo, eu prometo jamais te abandonar"
Toda adrenalina que você tinha parece estar menor 
Embora mesmo assim você queria destruir outra cidade
Enquanto você me olha, eu posso entender sua calma
Toda a adrenalina se foi porque nós nos achamos...


~C. M. De Lima 


You Might Also Like

0 comentários

Like us on Facebook

Flickr Images