In Literatura Poemas

Sereias...

Numa floresta escura caminho entre galhos e pedras
Volte e meia tropeço aqui e ali
Há vários perigos escondidos aqui...
Se ficar em silêncio poderá ouvir o canto das sereias
E mais adiante você verá os pobres naufragados andando em sua direção
Não as escute muito, não observe demais
Elas poderão pegar você também...
Há algo que elas me ensinaram,
Nem sempre sentir significa estar
Não é porque você sente algo por alguém, que ele vai estar lá por você
Não é porque você sente algo por alguém, que esse alguém o quer
Não é porque você ouve o canto das serias que elas não iram te matar como todos os outros...
É preciso ter muito cuidado em florestas escuras como essa
Pois nela seus medo estão escondidos atrás das árvores, das pedras
E por todo lugar que eles possam ficar até nos darem um "oi"
Deixando nossos corações palpitando e uma horrível sensação no peito
Ao final de tudo, veremos que nada é tão assustador
Nós somos apenas criaturas medrosas e ao mesmo tempo corajosas
Que gostam de ser arriscar por entre os espinhos, e armadilhas
Dos corações uns dos outros...
Mesmo sabendo como tudo irá terminar
Mesmo tendo a consciência de tudo que pode dar errado
E que amanhã poderá ser as nossas almas indo em direção ao mar
Nós não desistimos, nós não paramos
Somos solitários e buscamos constantemente o fim de tal sentimento
Nos arriscando por entre espinhos, armadilhas, feras e todos os demais riscos
Que um coração ferido desconhecido pode nos trazer...
E depois de se ferir, enfrentar todos os riscos
Acreditamos sermos destinados á isso
Sermos corajosos a ponto de tentar curar um coração partidos
Na maioria das vezes conseguimos e isso nos faz esquecer
Que somos apenas bombas relógios esperando para explodir
E destruir tudo aquilo que já concertamos...
Vivemos destruindo á nós mesmos, concertando os outros
E acreditando que tudo ira mudar
Quando nossas realidades nos destroem
E essas coisas as vezes me fazem pensar
Que talvez se render ao canto de uma sereia e deixar que ela nos leve ao fundo do mar
Irá realmente mudar alguma coisa...

~C. M. De Lima

(Inspirado em There There - Radiohead)


(Imagens da internet) 

Related Articles