Eles precisam de nós, ajude... Hoje!

5:00 PM

Oi oi gente, tudo bem com vocês?
No post de hoje vou falar sobre pequenos anjos que vivem nas ruas, e que eu tenho quase certeza de que você já quis levar para casa. Vou falar sobre proteção aos animais de rua e mostrar como eu já ajudei esses anjinhos como pude. Então vamos lá!


Nossa triste realidade: No nosso país existem cerca de 30 MILHÕES de animais abandonados (10 milhões de gatos e 20 milhões de cães) de acordo com os dados isso é um cão para cada 5 habitantes nas cidades grandes. A SUIPA estima que desde novembro do ano passado até fevereiro desse ano o numero de animais abandonados aumentou em 70% isso é mais que o dobro e é tão triste que me dói o coração. 
Fora esses dados mais que tristes, temos os inúmeros casos de maus tratos, e os casos envenenamentos, gente vocês não sabem o quanto meu coração é sensível á esse tipo de coisa, imagine só, pessoas batendo, dando veneno á cães e gatos nas ruas porque "eles podem ter doenças" "podem ser bravos" "eles incomodam quando latem". Gente que isso? Estranho ler isso, mas é a verdade. Eu já perdi um cão porque de acordo com o meu "vizinho" ele latia muito á noite e "incomodava" ele e a família dele, sabe o que ele fez? Lá pelas 8, 9 da noite eu costumava soltar ele para poder ficar de noite correndo e esse "ser" esperou meu cachorro ser solto e deu veneno á ele. Eu encontrei meu cachorro morto na manhã seguinte e nossa que dia triste. 
Nosso país está cheio de crueldades, crueldade essa que vai desde á dar um soco num gay á chutar um cachorro de rua por ser "divertido". 


Como podemos mudar essa realidade? Existem várias ONGs espalhadas por todo país e muitas delas não tem canis e vivem de voluntário com lares temporários, doações em dinheiro para castrações, doação de rações, e também as doações em dinheiro para pagar os atendimentos veterinários dos animais que são resgatados doentes, machucados, etc. E claro que podemos ser voluntários nessa ONGs, ajudando a divulgar feiras de adoção, recolhendo animais e levando á abrigos, dando água aos animais de rua, um pedaço de pão. E claro o ato mais lindo para ajudar esses animais é adotando. Então formas de mudar esses dados não faltam, o que nos falta é vontade! 


Como eu ajudo: Bom volte e meia no meu Instagram ou no meu perfil do facebook, eu posto fotos de cães para adotar ou que aparentam estar perdidos. Esse ano já fiz dois resgates e ano passado fiz um que rendeu por dois, e também ajudei uma boxer lindona achar seus donos, ah e claro adotei o Marley e a Meg. Então minha ajuda foi simplesmente fácil. 
Um exemplo disso é o Thor. Eu encontrei o Thor (apelido que dei ao cãozinho) na rua, ele estava cheio de feridas e cicatrizes, no começo cheguei a pensar que era sarna, mas graças a Deus estava errada. Não que eu tenha medo de ter sarna, mas eu sei que as pessoas daqui da minha cidade acham que isso é tipo ebola que se pegar vai morrer, e inclusive aqui já houve vários casos de abandono por causa de sarna. Mas voltando ao Thor, eu dei banho nele e coloquei nele uma fita vermelha (porque eu gosto de afastar maus olhados) e então o coloquei para adoção. E em duas semanas ele ganhou um lar e vive feliz até hoje. (Segue foto dele) 


"É relativamente fácil olhar um cão na rua e dizer que não pode ficar com ele, mas é mais fácil ainda lhe dar um carinho, um pedaço de pão e um pouco de água na manhã seguinte ele poderá não estar mais lá e se não estiver ao menos ele recebeu um pouco de amor antes de se aventurar outra vez. E se ele estiver não deixe de repetir o gesto e dar o quanto amor puder á ele, pois ele já foi amado por uma família porém o neném cresceu e agora ele está a beira da própria sorte e você pode mudar o destino triste desse animal. Adote! Ajude... Hoje! A morte não espera..."
- C. M. De Lima

(Créditos na imagem)

#Adotei! Se tem uma coisa que me orgulho muito é de ter adotado o Marley numa feira de adoção, e falando em ferias de adoção, você já foi em uma? Não? Deveria ir, nem que seja só para olhar , pois é um clima tão bom, tão cheio de amor. São nessas feiras que ocorrem os amores mais verdadeiros possíveis, essas feiras são cheias de amor á primeira vista, e olha como tem carinho nessas feiras. Quando tiver uma perto de você vá e fotografe, se apaixone e adote! 
"Adotar é tudo de bom!"


"Poderíamos ter comprado um pequeno iate com o que nós gastamos com o nosso cachorro e tudo que ele destruiu. Mas, me pergunto: quantos iates ficam esperando junto a porta o dia inteiro até você voltar? Quantos vivem esperando a chance de subir no seu colo ou descer a colina com você em um tobogã, lambendo o seu rosto?"
- John Grogan


Com carinho, Carol. 


You Might Also Like

0 comentários

Like us on Facebook

Flickr Images