Ídolos da semana: Cazuza!

1:08 PM

Oi oi gente, tudo bem?
No ídolos da semana, teremos mais um brasileiríssimo: Cazuza! Bora conferir a carreira desse grande artista?
 Carreira: Cazuza começou nos anos 80 á frente de uma banda de rock, algo novo que começou a revolucionar a juventude da época. Na época o Brasil estava saindo dos tempos de ditadura e começando a  ter sua própria democrática, mas ainda havia o medo de se expressar com uma energia sem igual Cazuza ajudou os brasileiros a se libertarem. Prova disso era sua luta publica contra a Aids. Cazuza teve um dos papéis mais importantes na história da MPB, pois ensinou aos brasileiros a se libertarem depois de um longo período de repreensão através de suas letras. Ele tinha como inspiração os grandes gênios da MPB e utilizava de uma linguagem simples para fazer sua musica, e assim ganhou o titulo de poeta.

Fora dos palcos: Assim como Renato Russo, Cazuza foi um adolescente "rebelde", bebia, usava drogas, era bissexual e inúmeras vezes foi preso, e tudo isso não foi lá uma coisa muito fácil para seus pais aceitarem. Fora tudo isso Cazuza tinha Aids e lutou por sua vida até o fim, e nunca teve vergonha de mostrar sua luta, o que o tornava um artista ainda melhor e não mais um engomadinho como vemos por aí. Após muitos meses de luta no Brasil, Cazuza foi basicamente obrigado á viajar para Boston e lá ficou internado por 5 meses, mas seu estado era delicado demais e não havia mais nada o que se fazer, assim um pouco tempo depois ele faleceu e sua morte chocou o país pois perdemos mais um grande artista. Cazuza foi enterrado junto de outros gênios, como Carmen Miranda e Ary Barroso.


Porque ele está no ídolos da semana: Cazuza foi mais, e muito mais que um cantor, um jovem rebelde, ou mais um portador de HIV. Ele foi um gênio que escrevia sobre amor, sobre a vida, sobre viver, foi um exemplo de vida. Alguém que viveu sem medo. embora tenha vivido pouco, mas ainda sim viveu e pode se orgulhar disso. Minha musica favorita dele é: "Ideologia" vou deixar o link ai embaixo.


Com carinho, Carol.

You Might Also Like

0 comentários

Like us on Facebook

Flickr Images